Home PRAIAS Guaramiranga: mistura cultura, história e gastronomia no Ceará

Guaramiranga: mistura cultura, história e gastronomia no Ceará

1045
0
guaramiranga

Quando falamos do Ceará, com certeza as praias é o primeiro pensamento que nos vem em mente. Contudo, Guaramiranga vem com uma proposta ao turista, mostrando que é possível curtir um climinha serrano no Nordeste e com muito requinte. O que você encontrará, por aqui é uma mistura de muita história do estado, cultura e uma gastronomia incrível. Guaramiranga ainda é um destino pouco explorado por quem não é cearense, por isso, queremos ajudá-lo a ter a melhor experiência com o destino.

O que fazer em Guaramiranga

A vontade mesmo é deitar em uma rede, aproveitar frio bom da serra e curtir essa vista única. Contudo, Guaramiranga tem muito o que oferecer aos seus visitantes. O Parque Handara vem como nossa primeira dica de passeio, principalmente se você está viajando com crianças. O local tem muito verde, piscinas naturais e artificiais, brinquedos e um museu contando mais da história do lugar e da cidade. O acesso é pago e dá direito ao almoço.

guaramiranga

Indicamos também a visita até o Parque das Cachoeiras, que é muito lindo e permite um contato maior com a natureza. O Mosteiro dos Frades Jesuítas é o cartão-postal de Guaramiranga. Os corredores do antigo prédio contam muito da cidade. Para quem deseja aproveitar ainda mais, há disponibilidade de hospedar-se aqui por alguns dias. A vista é também uma das mais bonitas de Guaramiranga.

Termine o dia curtindo a vista do Pico Alto, o ponto mais elevado de Guaramiranga. As pessoas vêm aqui geralmente toda tarde para curtir o por do sol. A trilha exige uma caminhada elevada e um pouco cansativa. O mais indicado é pegar um carro na praça e subir.

Gastronomia e vida noturna em Guaramiranga

Durante o ano inteiro a Serra de Guaramiranga é bastante tranquila. É, de fato, o destino para quem deseja descansar. A vida noturna da cidade muda um pouco apenas no período do carnaval, quando acontece o Festival Internacional de Jazz e Blues, trazendo muitos turistas para cá.

No geral, o turista tem a opção de experimentar uma culinária rica, que mistura pratos regionais com aqueles típicos de cidades serranas. Ao redor da praça principal da cidade você encontra desde sorveterias, cafés, pizzarias, até churrascarias. A nossa dica é esquecer um pouco a dieta durante esse passeio, pois há muitos pratos deliciosos – principalmente com doces – para experimentar.

Onde ficar

guaramiranga

Guaramiranga apesar de muito pequena, possui uma ampla variedade de serviços de hospedagem. Você encontra muitos hotéis e pousadas na região, assim como casas de aluguel por temporada. Para quem não tem tempo de passar mais de uma noite, também dá para ir e voltar no mesmo dia, partindo de Fortaleza. Atente-se apenas de sair bem cedo da capital para poder aproveitar tudo da serra.

Dica extra

Se você vem até a serra de Guaramiranga de carro ou em um passeio fretado, indicamos que pare na cidade de Redenção. Foi aqui que aconteceu o primeiro ato de abolição da escravatura, mesmo antes da assinatura da Lei Áurea.

A prefeitura de Redenção documentou todo o evento e criou o Museu Senzala Negro Liberto, com imagens, cartas, quadros e uma visita guiada muito interessante. Aqui também hoje é produzida a Cachaça Douradinha, onde você pode fazer degustação gratuitamente.

Como chegar em Guaramiranga

A serra de Guaramiranga fica no município de Baturité, cerca de 110 quilômetros de Fortaleza. O acesso até aqui pode ser feito de carro, seguindo pela CE 060 e, posteriormente, pela CE 065. É preciso subir aproximadamente 865 metros, em uma estrada que vai de inclinação média até mais íngreme. Se você decidir subir a serra de carro, indicamos que venha durante o dia. As estradas são muito curvilíneas e estreita, causando uma certa dificuldade para o visitante de primeira viagem.

Aos que não querem se aventurar a dirigir por Guaramiranga, há ônibus saindo da Rodoviária de Fortaleza diariamente e a viagem dura cerca de 1 hora e meia. Dependendo do local da sua hospedagem, ainda será necessário pegar um carro no centro da pequena cidade para subir mais um pouco.

Gostou da dica? Conta para nós o que achou sobre a serra de Guaramiranga e quais as suas expectativas para conhecer o destino!